Os 68 anos do D-DAY > O primeiro Mustache Day

Image
Neste dia 6 de junho passado o Comando comemorou os seus 7 anos de existência. Para quem ainda não sabe a confraria surgiu da idéia simples de cerca de meia dúzia de colegas de trabalho que descobriram que na Europa existiam concursos de bigodes legítimos e um dia dedicado à eles : O MUSTACHE DAY.
Para uma ação de impacto esta meia-dúzia de colegas resolveram deixar sua barba crescendo por apenas duas semanas e no dia marcado apareceram todos com um pequeno bigode para trabalhar, gerando bastante estranheza e espanto – especialmente do público feminino – pois falamos de 2005 onde o bigode era coisa para pessoas de mais idade e  não para uma turma com menos de 30 anos. Nascia assim o Comando Mustache, um grupo anárquico que decidiu reverenciar algo que ninguém mais falava desde a década de 80, e que é uma das maiores honras masculinas, grande símbolo universal de autoridade: O Bigode.
 
Não é por acaso que o Comando decidiu instituir como seu aniversário oficial o dia 6 de junho, data da invasão aliada à Normandia onde os soldados do mundo livre se uniram em uma operação militar sem precedentes para combater o eixo do mal. Nesta investida, que foi a grande virada rumo ao fim da Segunda Guerra Mundial, milhares de mustacheanos lutaram de diferentes formas em busca de suas ideologias. Somente às mais altas patentes militares e aos Comandos Britânicos era permitido o uso da bigodeira por representar respeito, maturidade e status em seus pelotões. A exemplo disto já citamos aqui alguns destes heróis mustacheanos que desempenharam seu papel com grande maestria e determinação, provando que SIM, homens lutam mais vigorosamente com um mustache na cara.
 
Passados 68 anos do dia D o Comando Mustache não esqueceu deste que é considerado por nós o primeiro grande M-day, com um resultado fundamental para a construção da sociedade em que vivemos hoje. Nossa confraria não possui nenhuma ideologia militar e nem política, mas honra o sentido do bigode e a importância que ele possui na história da humanidade. Nossos pais, avôs, tios e padrinhos tinham um bigode para dizer a sociedade que não eram mais garotos e isto era uma tradição. Cito os exemplos do Sr. Sadi, nosso Private na invasão em Porto Alegre e avô do Sarg. Sant´Anna e também do Sr. Celso H. que deixou seu depoimento no blog onde nos fala: 
Sensacional a idéia da formação do Comando.Não conhecia. Parabéns.Hoje, com 70 meu bigode esta branco mas lembro bem do conselho de amigo: deixe um bigode vai ficar bem. Tinha lá meus 28 anos. – Minhas primas que me chamavam de “Patinho Feio” vibraram com o meu repentino e espesso “mustache” , passando a ser um “Belo Cisne”.
 
Nosso movimento existe para lembrar que a MODA, é passageira, mas o bigode será sempre eterno como estes bravos senhores que o cultivam por uma vida inteira. Enquanto temos apenas um dia de glória em nossa invasão, estes e tantos outros possuiram uma vida verdadeiramente mustacheana. Os parabéns neste dia 6, na realidade, vão para eles.
 
Vida longa ao Comando Mustache. Sejam bravos, sejam mustacheanos.
 
Gen. Rocha
Mustacheano desde 2005
 
Image

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s